fbpx

Você sabe o motivo do por que os seus olhos amanhecem assim?

Um derrame ocular ou derrame no olho pode ocorrer de forma espontânea devido à tosse ou esforço físico intenso. Também pode ser originado por algumas doenças dos olhos, surgir na sequência de algumas doenças sistêmicas como a hipertensão arterial, surgir após a utilização de alguns medicamentos, ocorrer devido a uma lesão ou trauma como acontece após uma pancada nos olhos, entre outras possíveis origens.

hemorragia no olho pode afetar pessoas de qualquer idade e de ambos os sexo,s e pode ocorrer apenas num dos olhos (olho esquerdo ou olho direito), sendo esta situação a mais frequente, podendo também ocorrer nos dois olhos simultaneamente (a menos frequente). Se o derrame é unilateral (apenas num olho) ou bilateral (nos dois olhos), a lateralidade e extensão da hemorragia (se é pouco ou muito extensa) não estão diretamente relacionados com a gravidade da doença ou problema subjacente.

O derrame ou “sangue nos olhos” pode ter lugar em diferentes partes do olho. A gravidade do problema e tratamento dependem da localização do “sangue no olho”, da extensão das lesões que levaram ao “sangramento”, entre outros fatores que devem ser avaliados pelo médico oftalmologista. Veja mais informação em tratamento do derrame ocular.

Conforme o lugar onde o “sangramento ocular” ocorre, poderemos identificar possíveis origens para o problema. De acordo com especialistas da Sociedade Oftalmológica da Comunidade Valenciana em Espanha, na maioria dos casos em que ocorre um derrame ocular, não requer tratamento específico, por isso devem ser devidamente diagnosticados. A evolução normal do processo na reabsorção do sangue será entre duas a três semanas, a partir do qual é acompanhado.

 

Sinais e sintomas

A hemorragia no olho ou derrame ocular pode ser acompanhada por alguns sinais e sintomas, adicionais como o ardor, a sensibilidade à luz (fotofobia), visão turva ou “embaçada”, dor nos olhos, secreção ocular, entre outros. Estes sinais e sintomas adicionais podem nem sequer estar presentes ou, então, podem variar de acordo com o problema subjacente. Veja mais informação em cada uma das doenças relacionadas.

No caso de estarem presentes outros sinais e sintomas associados ao derrame no olho, como a dor ocular, alterações repentinas na visão, entre outros sinais e sintomas a valorizar, deve consultar um médico oftalmologista com a maior brevidade possível sob pena de poderem ser causados danos irreversíveis na visão, e em último caso, provocar cegueira no olho afetado.

 

Tratamento

No derrame ocular ou hemorragia nos olhos, o tratamento depende da causa subjacente, ou seja, após o diagnóstico, a intervenção deve ser orientada pelo médico oftalmologista de acordo com as características e causas do derrame.

Como “tratamento natural ou caseiro” o médico pode aconselhar a aplicação de compressas frias sobre o olho, o que pode fazer duas a três vezes por dia com uma duração entre 5 a 10 minutos.

 

Nota:

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

%d blogueiros gostam disto: